Corra de doenças

Correr não é bom só para queimar calorias. Também deixa você mais calmo, esperto e saudável. Confira o que você ganha a cada passo.

CALCULE SEUS PASSOS
Segundo o treinador americano Jack Tupper Daniels, autor do livro A Fórmula de Corrida de Daniels (Ed. Artmed, 332 págs.), para ter melhor desempenho e evitar lesões ao correr o ideal é dar 180 passos por minuto. Aqui, mostramos quantas vezes você toca os pés no solo se mantiver essa frequência de passadas para percorrer a 10 km/h as seguintes distâncias:

5 400 passos
AFIE SUA MENTE
Pesquisa realizada pela Universidade de Illinois (EUA) descobriu que correr por meia hora melhora o tempo de reação e a habilidade de raciocínio. E os benefícios não param aí. Segundo estudos publicados no periódico Neurology (EUA), homens que praticam atividade física regularmente mantêm os neurônios tinindo por mais tempo. Já os sedentários possuem duas vezes mais risco de sofrer Mal de Alzheimer.
O que fazer Corra 30 minutos.

8 100 passos
DETONE GORDURA O DIA TODO
Não é novidade para você que a corrida é um dos esportes que proporcionam maior gasto calórico. Ainda há um bônus pós-treino: de acordo com pesquisa realizada no Laboratório de Performance Humana da Carolina do Norte (EUA), correr por 45 minutos deixa seu metabolismo acelerado (o que aumenta seu gasto calórico) por até 14 horas. Isso representa cerca de 190 calorias detonadas a mais enquanto você assiste TV, escova os dentes, toma uma gelada com os brothers, ajuda a parceira a tirar a roupa…
O que fazer Corra 45 minutos.

11 340 passos
BLINDE SEU CORAÇÃO
Segundo estudo publicado no American Journal of Human Biology, homens que fizeram três treinos intervalados (aquele em que você alterna períodos de corrida rápida com outros de descanso) por semana diminuíram o risco de doenças cardíacas após sete semanas. Este tipo de treino também é um dos mais eficientes para ajudar você a ganhar velocidade.
O que fazer Dê 6 tiros (piques) de 30 segundos, com 30 segundos de intervalo entre eles. Realize este treino 3 vezes por semana durante 7 semanas.

16 200 passos
TURBINE SEU HUMOR
Segundo o psicólogo esportivo inglês Victor Thompson, correr por meia hora três vezes por semana ajuda você a ficar calmo e lidar melhor com pequenas tensões da vida. Mais: pesquisa publicada no Journal of Psychosomatic Medicine (EUA) revela que pessoas com depressão que se exercitam são mais propensas a se recuperar desse mal do que quem toma apenas remédio como forma de tratamento.
O que fazer Corra 30 minutos 3 vezes por semana.

54 000 passos
PROTEJA SUAS ARTICULAÇÕES
O constante impacto dos seus pés no chão durante a corrida não significa que você vai detonar os joelhos. Pelo contrário. Estudo da Universidade Stanford (EUA) descobriu que corredores que treinavam cerca de 1 hora cinco vezes por semana tiveram menos problemas nas articulações na vida madura. E você não vai ter de esperar décadas para aproveitar esse benefício. Após uma semana de corrida regular, seus músculos já ficam mais firmes e fortes, o que ajuda a evitar danos nas juntas.
O que fazer Corra 1 hora 5 vezes por semana.

144 000 passos
DIMINUA SUA PRESSÃO SANGUÍNEA
Cada quilo de peso que você perde equivale à redução de 1 ponto na sua pressão arterial, segundo revisão de 25 estudos publicada no periódico Hypertension (EUA). Para deletar 1 kg , você precisa queimar 7 700 calorias. Correr durante 50 minutos quatro vezes por semana vai ajudá-lo a conseguir isso em um mês – e sem precisar fazer dieta! Aí, ao reduzir sua pressão arterial você diminui o risco de sofrer infarto, derrame e ter insuficiência renal.
O que fazer Corra 50 minutos 4 vezes por semana durante 1 mês.

388 800 passos
SALVE SEUS MÚSCULOS
Depois dos 30 anos, a síntese (produção) de proteína muscular cai 3,5% a cada década.
Mas dá para reverter isso. De acordo com estudo publicado no The American Journal of Physiology, fazer três treinos aeróbicos por semana durante quatro meses aumenta a síntese proteica em 20%.
O que fazer Corra 45 minutos 3 vezes por semana durante 4 meses.

432 000 passos
CONTROLE O COLESTEROL
De acordo com estudo publicado no Journal of Lipid Research (EUA), correr por 10 semanas é mais eficiente para reduzir o mau colesterol (LDL) do sangue do que fazer outras atividades, como musculação e luta livre, durante o mesmo período. Mais: dois meses de corrida podem aumentar seu colesterol bom (HDL) em até 5%, descobriu pesquisa realizada pela Clínica Mayo (EUA). Como o desequilibrio do colesterol no organismo aumenta o risco de doenças do coração, você tem aí mais duas boas razões para calçar o tênis já.
O que fazer Corra 1 hora 4 vezes por semana durante 10 semanas.

1 500 000 passos
FAÇA MAIS SEXO
Correr ajuda a manter seu amigão de pé. E não é só por causa da musa que treina de top no mesmo parque que você. Homens sedentários têm 71% mais risco de ter problemas de ereção do que os que se exercitam. Além disso, segundo pesquisa publicada no periódico Archives of Sexual Behavior (EUA), fazer uma hora de atividade aeróbica quatro vezes por semana durante nove meses aumenta a quantidade de relações sexuais que você consegue ter em um mesmo dia.
O que fazer Corra 60 minutos 4 vezes por semana durante 9 meses.

Dormir em ambientes frios queima 40% mais calorias

Pesquisa apresentada durante uma conferência de médicos nos Estados Unidos afirmou que dormir em lugares frios pode ajudar a queimar calorias e a perder peso. A gordura saudável do organismo é responsável pela queima de calorias e, no processo, provoca o aquecimento do corpo. Em um ambiente frio, o organismo queima mais calorias para manter o corpo em temperatura agradável. As informações são do Daily Mail.

A quantidade de gordura saudável aumentou quando os indivíduos dormiram em ambiente fresco e a queima de calorias foi 40% maior do que a registrada em temperaturas mais altas. O processo também tornou mais fácil o processamento do açúcar.

Pesquisadores acompanharam a composição de gordura corporal de cinco homens saudáveis durante cinco meses. Os voluntários mantiveram a rotina durante o dia normal, mas à noite passavam em uma sala com temperatura controlada. O primeiro mês, o ajuste foi em 24°C. No segundo, 19°C; no terceiro, 24°C; e no quarto, 27°C.

Dicas para correr à noite com segurança

Você que faz da corrida de rua um estilo de vida sabe o quanto é importante a preparação – dieta balanceada, exercícios regulares e respeito ao descanso do corpo. Com tudo em dia, a empolgação é natural: o corredor olha para frente e segue o circuito.

E é aí que entram os cuidados necessários durante a noite. A falta de visão no treino ou prova no escuro pode causar choques, tropeços e, consequentemente, lesões.

Confira quatro dicas para evitar acidentes em sua corrida noturna:

1 – Priorize equipamentos reflexivos e use roupas brancas, alaranjadas, amarelas ou em tons flúor;

2 – Corra na contramão do tráfego. Assim, você pode ser visto e enxergar melhor os carros;

3 – Não escute músicas com o volume muito alto. Assim, estará mais atento aos sons de buzinas e freadas.

4 – Procure usar um boné com abas e óculos transparentes para evitar ser atingido no rosto por galhos ou qualquer outro obstáculo que apareça de repente em seu caminho.

O fundamental é ser visto e enxergar o que vem pela frente também, sempre com muita atenção no que se passa ao seu redor. Fique de olho e corra com segurança!

Como perder gordura da barriga com Pilates (em casa)

Embora ganhar gordura na barriga é fácil, é extremamente difícil de perder. A sua gordura da barriga permanece teimosamente no lugar. Para combater ela, você precisa de uma estratégia de exercício abrangente com foco em Pilates. Pilates te permite não só perder a gordura da barriga, mas também firmar e tonificar essa região.

Instruções

1 – Aprenda alguns exercícios básicos do Pilates para sua rotina diária, como a posição da prancha, o Roll Up, flexão do quadril e extensão, a tesoura e torce. Estes exercícios de Pilates são extremamente eficazes para fortalecer e apertar os músculos do abdômen. Eles não só queimam calorias significativas, mas também derretem a gordura da barriga. Pratique os exercícios durante vários dias até que você se sinta confortável com eles. Faça a contração do abdômen (segure o seu abdômen apertado e puxe o seu umbigo em sentido da sua coluna. Segure esta posição ao longo de seus exercícios para aumentar a capacidade do seu corpo em queimar gordura.

2 – Compre uma bola de Pilates, que não é cara, e, enquanto trabalha se possível sente nela ao invés de uma cadeira. Isso vai exigir que você mantenha seus músculos abdominais ativos em todos os momentos. O objetivo é manter os músculos do abdômen ativo e seu estômago puxado pra trás durante todo o dia. Faça uma pausa no trabalho a cada duas horas para fazer alongamentos leves ou caminhar um pouco.

3 – Adicione exercício cardio à sua rotina, pelo menos três ou quatro vezes por semana, de forma intervalada, como eu ensino nos vídeos. Qualquer exercício cardio ajuda ao tentar perder peso e gordura corporal, especialmente a gordura armazenada ao redor da barriga.

4 – Mantenha uma dieta saudável. Mesmo ao adicionar exercícios de Pilates à sua rotina diária, vai ser extremamente difícil queimar gordura da barriga, se você não estiver monitorando sua dieta. Coma muita fruta, legumes, proteínas e grãos integrais. Evite alimentos gordurosos e os ricos em açúcar e gorduras trans. Beba pelo menos oito copos de água por dia, pois a água ajuda na perda de gordura da barriga, e evite refrigerantes e outras bebidas gasosas que causam inchaço no estômago.

Se você quer ter tudo isso em suas mãos e dar um salto adiante pra emagrecer nas próximas 6 semanas.